Resultados da Pesquisa

Encontramos estes resultados abaixo:

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Etiqueta: Coronavírus

Butantan: vacina é segura e apresentou menos reações que outras testadas no Brasil

SÃO PAULO – Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan (São Paulo), divulgou hoje os resultados preliminares sobre a segurança da CoronaVac. A vacina é desenvolvida pelo instituto, em parceira com a farmacêutica chinesa Sinovac. Segundo os dados apresentados pelo diretor, os resultados dos testes clínicos feitos em 9 mil voluntários no Brasil são semelhantes aos estudos apresentados na China, em que 94,7% dos 50 mil voluntários não tiveram efeitos adversos. A análise dos resultados dos testes clínicos brasileiros mostraram que, dos 9 mil voluntários com idade entre 18 e 59 anos, apenas 35% tiveram reações adversas leves após a aplicação, como dor no local da aplicação. As reações mais comuns entre os participantes do estudo após a primeira dose foram dor no local da aplicação (19%) e dor de cabeça (15%). Na segunda dose, as reações adversas mais comuns foram dor no local da aplicação (19%), dor de cabeça (10%)

Estudo confirma reinfecção de Covid-19 em paciente americano; sintomas mais graves preocupam cientistas

SÃO PAULO – Um americano de 25 anos foi infectado pelo novo coronavírus pela segunda vez em menos de dois meses. Segundo um estudo publicado na revista cientifica The Lancet, esse é um dos poucos casos de reinfecção confirmados no mundo até agora. Além de confirmar a reinfecção, a pesquisa aponta que essa segunda contaminação foi mais perigosa do que a primeira, com sintomas bem mais graves. Diferentemente da primeira vez que foi infectado, o paciente de precisou de tratamento hospitalar na segunda infecção, porque seus pulmões não conseguiam captar oxigênio suficiente para o corpo. Depois de um tempo, ele conseguiu se recuperar. Porém, a agressividade da doença durante a reinfecção preocupa os cientistas. Segundo os especialistas, a hipótese de que o Sars-Cov-2 tenha permanecido dormente no corpo do hospedeiro e apenas retornado com mais força está descartada. Os cientistas acreditam que o paciente contraiu o vírus em duas ocasiões

Tesouro Direto: prêmios de títulos públicos recuam nesta terça-feira

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentam queda na manhã desta terça-feira (13), volta de feriado, com os investidores de olho na atuação do Tesouro Nacional e do Banco Central no mercado. Isso porque em meio ao cenário adverso para o governo se financiar no mercado, a dupla anunciou mudanças na oferta de títulos públicos federais e nas operações compromissadas, diante da maior demanda do mercado financeiro por instrumentos de curto prazo. Entenda aqui. No Tesouro Direto, o título indexado à inflação com vencimento em 2035 pagava uma taxa anual de 4,05%, ante 4,13% ao ano na tarde de sexta-feira (9). O juro pago pelo mesmo papel com prazo em 2026, por sua vez, cedia de 2,80% para 2,76% ao ano. Leia também: • Aversão a risco leva investidor a perder dinheiro até no Tesouro Selic; o que é seguro agora? Entre os

Ibovespa opera entre perdas e ganhos na volta do feriado com ADRs e paralisação de vacina

SÃO PAULO – O Ibovespa opera entre perdas e ganhos nesta terça-feira (13) na volta do feriado de Nossa Senhora Aparecida. Apesar da alta dos ADRs (na prática, as ações de empresas brasileiras negociadas nos Estados Unidos) durante o feriado, o ambiente internacional desanima. As bolsas lá fora operam em baixa, refletindo a paralisação nos testes da vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pela Johnson & Johnson. A medida foi tomada porque um paciente desenvolveu uma doença inexplicada depois de receber a profilaxia. O dia também é de começo da temporada de resultados nos EUA. O banco JPMorgan reportou dados financeiros melhores que o esperado pelos analistas, o que animou os investidores. A gestora Black Rock viu suas ações dispararem 5% no pré-market por conta do resultado da empresa no terceiro trimestre. Às 10h15 (horário de Brasília), o Ibovespa tinha alta de 0,31%, aos 97.782 pontos. Enquanto isso,

Ibovespa Futuro sobe seguindo o desempenho dos ADRs no feriado; dólar tem leve alta

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre em alta nesta terça-feira (13) na volta do feriado de Nossa Senhora Aparecida. Na bolsa de Nova York, os ADRs (na prática, as ações de empresas brasileiras negociadas nos Estados Unidos) subiram durante o feriado, de modo que o mercado hoje deve se ajustar a esse movimento. Porém, hoje as bolsas internacionais operam em baixa, refletindo a paralisação nos testes da vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pela Johnson & Johnson. A medida foi tomada porque um paciente desenvolveu uma doença inexplicada depois de receber a profilaxia. O dia também é de começo da temporada de resultados nos EUA. O banco JPMorgan reportou dados financeiros melhores que o esperado pelos analistas, o que animou os investidores. Já a gestora Black Rock viu suas ações dispararem 5% no pré-market por conta do resultado da empresa no terceiro trimestre. Às 09h09 (horário de

Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com retomada do diálogo para estímulo nos EUA ofuscado por risco fiscal aqui

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre em alta nesta sexta-feira (9) com os investidores atentos à retomada do diálogo entre democratas e republicanos para um pacote de estímulos trilionário à economia americana. Na véspera, o chefe de gabinete da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, tuitou que a democrata e o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, conversaram por 40 minutos e o secretário teria manifestado o desejo do presidente Donald Trump em que um acordo fosse atingido. A comunicação veio depois que Pelosi afirmou que não iria apoiar um resgate às companhias aéreas dos EUA sem um pacote de estímulos mais abrangente. Já Trump reacendeu as esperanças sobre um pacote de estímulos ontem, ao dizer à Fox News que conversas entre a Casa Branca e o Congresso estão de volta. A declaração ocorreu dias depois de Trump ter anunciado via Twitter que as negociações seriam suspensas até

Proteção de bancos centrais contra default é limitada, diz Pimco

(Bloomberg) — A Pacific Investment Management faz um alerta a investidores de crédito: os bancos centrais não podem fazer muito para protegê-los de perdas, se a onda de empréstimos corporativos impulsionada pela pandemia disparar a inadimplência. Empresas acumulam dívidas quando também enfrentam a pressão da transição para modelos de negócios digitais e ecológicos, bem como o impacto da pandemia, disse Joachim Fels, consultor econômico global da Pimco, em resposta a perguntas da Bloomberg News após apresentar o cenário secular de outubro da gestora de ativos. Investidores precisam ter em mente que bancos centrais são sujeitos a limites em termos do que podem fazer para a proteção contra o possível aumento da inadimplência, disse. “Com a dívida corporativa muito maior agora e a transição do físico para o digital e do ‘marrom’ para o verde criando muitos perdedores, podemos estar a caminho de um ciclo de default”, disse Fels, que assessora

EUA: Pelosi e Mnuchin devem voltar a debater ajuda ao setor aéreo nesta quinta

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, conversaram por 20 minutos nesta quarta-feira (7) sobre uma possível legislação para fornecer ajuda financeira adicional ao setor aéreo, de acordo com Drew Hammill, porta-voz da democrata. “Os dois concordaram em conversar amanhã (hoje, quinta-feira, 8) novamente”, escreveu Hammill em sua conta oficial no Twitter. As tratativas entre Pelosi e Mnuchin ocorrem após o presidente americano, Donald Trump, suspender as negociações de um pacote fiscal mais amplo até depois da eleição presidencial de 3 de novembro. O republicano, entretanto, pediu ao Congresso que aprove medidas de estímulos direcionadas. Nesta quarta-feira, o diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, mencionou a possibilidade em uma entrevista à CNBC. “As aéreas, definitivamente, precisam de mais ajuda”, declarou. Newsletter InfoMoneyInformações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email: The post

Vendas do varejo sobem 3,4% em agosto e atingem maior patamar da série histórica, aponta IBGE

SÃO PAULO – As vendas no varejo brasileiro cresceram 3,4% em agosto na comparação com julho, mostrou nesta quinta-feira (8) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com esse resultado, o volume de vendas do varejo atingiu o maior patamar da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do IBGE, ficando 2,6% acima do recorde anterior, de outubro de 2014. Frente a agosto de 2019, na série sem ajuste sazonal, o comércio varejista cresceu 6,1%. A expectativa, segundo o consenso Bloomberg, era de que as vendas no varejo tivessem subido 6% na base de comparação anual e 3% no comparativo mensal, após alta de 5% no período anterior. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi 0,5%. No comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e de material de construção, o volume de vendas cresceu 4,6% em relação a julho, enquanto a média móvel do

Segundo debate presidencial nos EUA será virtual, define comissão; Trump se recusa a participar

SÃO PAULO – A comissão que organiza os debates nos Estados Unidos informou nesta quinta-feira (8) que o segundo encontro entre Joe Biden e Donald Trump, marcado para 15 de outubro, será feito de forma remota. Apesar disso, foi confirmado que o público, que poderá fazer perguntas, e o moderador Steve Scully, do canal C-SPAN, irão se reunir no local original do debate, o Adrienne Arsht Center for the Performing Arts, em Miami, na Flórida. De acordo com a comissão, a decisão foi tomada “para proteger a saúde e a segurança de todos os envolvidos”. A mudança ocorre seis dias após o presidente e sua mulher, Melania, testarem positivo para Covid-19. Desde então, dezenas de funcionários da Casa Branca também tiveram o diagnóstico da doença. Minutos após o anúncio da comissão, o presidente Donald Trump deu uma entrevista para a rede Fox Business Network e disse se recusar a participar de

Entre em contato