Resultados da Pesquisa

Encontramos estes resultados abaixo:

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Etiqueta: Magazine Luiza

Ações de varejistas de e-commerce sobem forte após alta de “techs” dos EUA na véspera; Vale oscila em dia de queda do minério

SÃO PAULO – A sessão tem como destaque de alta as ações de empresas de tecnologia e varejistas com exposição ao e-commerce, que sobem seguindo o forte movimento de alta dos papéis das ações do setor da véspera nos EUA. Em dia de feriado no Brasil, mas com os índices americanos operando, os papéis da Apple negociados na Nasdaq saltaram 6,35%, em meio à expectativa pelo lançamento do iPhone com tecnologia 5G nesta semana. Outros papéis de techs, como de Amazon, Facebook e Alphabet (Google), subiram, respectivamente 4,75%, 4,27% e 3,56%, na véspera. Nesta terça-feira, Amazon realiza seu Prime Day (veja mais clicando aqui). Com isso, as ações do Magazine Luiza (MGLU3), B2W (BTOW3), Via Varejo (VVAR3), Lojas Americanas (LAME4), avançam entre 2% e 5%. A sessão é de leve queda para os papéis da Vale (VALE3). No radar da companhia, estão os futuros do minério de ferro na China,

Ação do IRB sobe forte após derrocada de 25% em dois pregões; Petrobras avança com petróleo e Magalu tem ganhos

SÃO PAULO – O destaque do noticiário corporativo desta quinta-feira (8) fica novamente com o IRB (IRBR3) mas, desta vez, com alta expressiva, de cerca de 5%, das suas ações. O movimento ocorre após a forte queda de 25,50% em dois dias com a recomendação de venda do UBS BB para os papéis. A queda veio após um período de alta de 60% em dez pregões para os ativos – veja as perspectivas para o IRB clicando aqui.  Já em continuidade ao movimento da véspera com a elevação de recomendação pelo Bradesco BBI, as ações da Gerdau (GGBR4) abriram com ganhos, mas amenizaram. Também em destaque, o Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC) informou que em setembro o volume de vendas do produto contou com uma elevação de 21,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram comercializadas 5,8 milhões de toneladas no total, impulsionado pela autoconstrução e as

Defensoria da União entra com ação contra Magalu por plano de trainee para negros

Defensoria Pública da União entrou com uma ação civil pública na Justiça do Trabalho contra o que chamou de “marketing de lacração” da Magazine Luiza por abrir um programa de trainees exclusivo para negros. Para o autor da petição, o defensor Jovino Bento Júnior, embora a inclusão social de negros e qualquer outro grupo seja desejável, o programa em questão “não é medida necessária – pois existem outras e estão disponíveis para se atingir o mesmo objetivo -, e nem possui proporcionalidade estrita – já que haveria imensa desproporção entre o bônus esperado e o ônus da medida, a ser arcado por milhões de trabalhadores”. O processo está cobrando da rede varejista R$ 10 milhões de indenização por danos morais coletivos pela “violação de direitos de milhões de trabalhadores (discriminação por motivos de raça ou cor, inviabilizando o acesso ao mercado de trabalho)”. Ainda segundo ele, o “formato do programa

Venda dos Correios pode levantar R$ 15 bilhões em 2021, diz Fabio Faria

(Bloomberg) – O projeto que abre caminho para a privatização dos Correios está em fase de finalização no Ministério das Comunicações e será encaminhado ao Congresso até o fim do ano, disse o ministro das Comunicações, Fabio Faria, em entrevista em seu gabinete. Segundo ele, a venda dos serviços postais brasileiros tem potencial de atrair mais de dez empresas e poderia render cerca de R$ 15 bilhões aos cofres públicos. Apesar de não andar tão rápido como esperava o ministro da Economia, Paulo Guedes, o BNDES já está trabalhando na modelagem da privatização, após selecionar no mês passado o consórcio responsável pelos estudos técnicos. Um novo programa de demissões incentivadas para reduzir custos também está sendo considerado para tornar a estatal mais atraente para o setor privado. “Podíamos fazer uma PEC ou um projeto de lei, optamos pelo projeto de lei que deve ser finalizado no Ministério das Comunicações nos

‘É inaceitável termos só 16% de líderes negros’, diz Frederico Trajano

A decisão do Magazine Luiza em colocar apenas negros em seu próximo programa de trainees, conforme noticiado pelo Estadão/Broadcast teve, segundo o presidente da empresa, Frederico Trajano, um componente matemático. De um lado há o desequilíbrio entre o número de funcionários e o de lideranças negras dentro da empresa. Por outro, ter à frente pessoas que refletem a realidade da população brasileira levará a tomadas de decisão que aumentarão as vendas e gerarão maior valor ao acionista. “Somos responsáveis por quem selecionamos e promovemos”, diz. “Claramente, se temos 53% da equipe negra e parda e só 16% de negros e pardos em cargos de liderança, há um problema para resolver com uma ação concreta.” A decisão de criar um programa de trainees voltado para pessoas negras partiu da empresa ou teve a ver com demandas de investidores? Definitivamente, não de investidores. Não espere isso tão cedo. Embora exista a pauta

Ações do Magazine Luiza saltam até 6% após resultado surpreendente; Vale e siderúrgicas avançam com forte alta do minério

SÃO PAULO – Após uma forte queda do Ibovespa na véspera em meio aos temores fiscais e com os rumores sobre a saída de Paulo Guedes, ministro da Economia, do governo, o índice registra fortes ganhos nesta sessão, com Bolsonaro reforçando apoio a Guedes e ao teto de gastos. Com isso, ações de bancos, que na véspera caíram até 3%, registram uma recuperam parcial, caso de Bradesco (BBDC3;BBDC4), Itaú Unibanco (ITUB4), Banco do Brasil (BBAS3) e Santander Brasil (SANB11), que sobem cerca de 1%. Como destaque de alta do Ibovespa, estão as ações do Magazine Luiza (MGLU3), que chega a saltar 6%, após a companhia reportar resultados positivos do segundo trimestre, o que também impulsiona outras ações do setor, caso de B2W (BTOW3), Lojas Americanas (LAME4) e Via Varejo (VVAR3), que avança entre 2% e 3%. Também em destaque, estão as ações de Vale (VALE3) e siderúrgicas, com destaque para

Magazine Luiza mira Amazon com aquisições

O Magazine Luiza (MGLU3) anunciou ontem a aquisição de três plataformas de mídia: a Unilogic Media, a Canal Geek (conhecida como Canaltech) – que produzem conteúdo sobre tecnologia – e a InLoco Media, divisão de publicidade da startup pernambucana InLoco. O passo é estratégico para a brasileira se aproximar da estratégia concorrentes globais. A visão do mercado é de que o Magazine Luiza está encaixando a “última peça” do quebra-cabeça do ecossistema de varejo, ao atrair usuários para sua plataforma e começar a atuar em publicidade. “Isso expande o mercado-alvo potencial do Magazine Luiza. Eles conseguem oferecer serviço e ter uma fonte de receita”, disse Daniela Bretthauer, analista da Eleven Financial. O diretor de relacionamento com cliente e de novos negócios do Magalu, Bernardo Leão, explicou ao Estadão/Broadcast que pares internacionais já estão na publicidade online. “A Amazon e o Alibaba são fortes em publicidade digital. É claro que também

“Por que estou short em Via Varejo”: Renoir Vieira e um debate sobre o efeito manada na bolsa

Para encerrar a semana dos Contrarians na Bolsa, o Coffee & Stocks de hoje entrevistou aquele que é disparado o mais polêmico de todos: Renoir Vieira, ex-gestor de family office, hoje investidor individual da bolsa. Ele é tão contrarian que, logo no início do papo, ele diz que não se considera um investidor contrarian, apenas um investidor independente que não enxerga valor em repetir aquilo que todos estão falando. A primeira vez em que conversei com Renoir, ali no início de 2019 a convite do Thiago Salomão, foi em um almoço nos arredores da Faria Lima. Lembro bem porque naquele momento ele estava extremamente otimista com Via Varejo, de olho no celular e mandando ordens de compra no papel em um dia que, se não me falha a memória, Via Varejo derretia na bolsa. Ele já estava comprado desde novembro do ano anterior, mas me chamou atenção o fato de

Carteira gráfica da XP sobe 0,9% na semana e troca 2 das 5 ações; veja as mudanças

A XP Investimentos divulgou a “Top Picks”, sua carteira semanal de análise gráfica, para o período de 10 a 17 de julho. Para esta semana foram trocadas duas das cinco ações do portfolio. De um lado, saem os papéis de Minerva (BEEF3) e Cosan (CSAN3). De outro, entram Hering (HGTX3) e Iguatemi (IGTA3). Segundo Gilberto Coelho, o Giba, analista técnico responsável pela carteira, os papéis ordinários da Hering estão em tendência de alta e projetam ganhos até R$ 17,00 ou R$ 19,45. Os suportes da ação para colocar stop loss ficam em R$ 14,69 e R$ 13,44. Já Iguatemi entra por também estar em tendência de alta, em busca dos níveis de R$ 38,80 ou R$ 42,70. Os suportes da ação são os patamares de R$ 35,00 e R$ 32,50. Divulgada semanalmente, a carteira Top Picks XP é composta por cinco ativos, tendo cada um peso de 20%. A seleção busca retorno

Entre em contato