Resultados da Pesquisa

Encontramos estes resultados abaixo:

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Etiqueta: Seguro-desemprego

Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 840 mil na última semana

SÃO PAULO – Os Estados Unidos tiveram 840 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou nesta quinta-feira (8) o Departamento de Trabalho do país. Este número foi um pouco maior do que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 820 mil requisições do benefício no período. Na semana anterior, foram registrados 837 mil pedidos de seguro-desemprego. O início da pandemia de coronavírus foi responsável por uma disparada nos pedidos de auxílio-desemprego. Profissão Broker: como fazer carreira na elite da bolsa da valores, mesmo saindo do zero. The post Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 840 mil na última semana appeared first on InfoMoney.

Uber e Lyft tentam derrubar lei na Califórnia que torna motoristas em empregados

(Reuters) – Uber e Lyft estão gastando juntas quase US$ 100 milhões numa iniciativa para derrubar uma lei na Califórnia que as obriga a classificar motoristas como empregados. Essa quantia parece menor do que os custos potenciais de cumprir a lei, de acordo com uma análise da Reuters. As duas empresas enfrentariam, cada uma, mais de US$ 392 de dólares em impostos sobre a folha de pagamento anual e outros custos trabalhistas, mesmo se cortassem drasticamente o número de motoristas em suas plataformas, mostrou cálculo da Reuters. Usando como base um estudo sobre a remuneração do motorista da Cornell University, a Reuters calculou que cada motorista em tempo integral custaria, em média, US$ 7,7 mil a mais. Isso inclui cerca de 4,56 mil em impostos federais e de folha de pagamento e cerca de US$ 3,14 mil em seguro de remuneração anual. As empresas dizem que precisariam elevar significativamente os

Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 837 mil na última semana

SÃO PAULO – Os Estados Unidos tiveram 837 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou nesta quinta-feira (1) o Departamento de Trabalho do país. Este número foi menor do que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 850 mil requisições do benefício no período. Na semana anterior, foram registrados 870 mil pedidos de seguro-desemprego. O início da pandemia de coronavírus foi responsável por uma disparada nos pedidos de auxílio-desemprego. Profissão Broker: como fazer carreira na elite da bolsa da valores, mesmo saindo do zero. The post Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 837 mil na última semana appeared first on InfoMoney.

Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 860 mil na última semana

SÃO PAULO – Os Estados Unidos tiveram 860 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou nesta quinta-feira (17) o Departamento de Trabalho do país. Este número foi um pouco maior do que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 850 mil requisições do benefício no período. Na semana anterior, foram registrados 884 mil pedidos de seguro-desemprego. O início da pandemia de coronavírus foi responsável por uma disparada nos pedidos de auxílio-desemprego.  Profissão Day Trader: Quer gerar uma renda extra? Nesta série gratuita, Pam Semezzato explica como se tornar um day trader. Inscreva-se! The post Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 860 mil na última semana appeared first on InfoMoney.

Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 884 mil na última semana

SÃO PAULO – Os Estados Unidos tiveram 884 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou nesta quinta-feira (10) o Departamento de Trabalho do país. Este número foi um pouco maior do que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 850 mil requisições do benefício no período. Na semana anterior, foram registrados 881 mil pedidos de seguro-desemprego. O início da pandemia de coronavírus foi responsável por uma disparada nos pedidos de auxílio-desemprego.  Profissão Day Trader: Quer gerar uma renda extra? Nesta série gratuita, Pam Semezzato explica como se tornar um day trader. Inscreva-se! The post Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 884 mil na última semana appeared first on InfoMoney.

Pedidos por seguro-desemprego nos EUA somam 881 mil na última semana com mudança de cálculo

SÃO PAULO – Os Estados Unidos tiveram 881 mil novos pedidos por seguro-desemprego na semana passada, mostrou nesta quinta-feira (3) o Departamento de Trabalho do país. Este número foi menor que a mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para 950 mil requisições do benefício no período. Contudo, vale destacar, foi alterado o método de cálculo de ajustes sazonais, que são normalmente projetados para suavizar oscilações regulares nos dados, mas que acabaram distorcendo os números por causa da pandemia de coronavírus. O Bureau of Labor Statistics informou na semana passada mudança no método para ajustar os pedidos de seguro-desemprego iniciais de forma a contabilizar as oscilações sazonais no emprego. Assim, vale destacar, o número se segue aos 1,01 milhão de pedidos na semana anterior, que não é diretamente comparável devido à mudança no metodologia. O início da pandemia de coronavírus foi responsável por uma disparada nos pedidos

EUA registraram cerca de 1 milhão de pedidos por seguro-desemprego na semana passada

SÃO PAULO – Os Estados Unidos registraram 1,006 milhão de pedidos por seguro-desemprego na semana passada, revelou nesta quinta-feira (27) o Departamento de Trabalho do país. O número veio em linha com a mediana das projeções dos economistas compilada pelo consenso Bloomberg, e que apontava para 1 milhão de requisições do benefício. Na semana anterior, os EUA tiveram 1,1 milhão de pedidos por auxílio-desemprego. Regra dos 10 tiros: aprenda a fazer operações simples que podem multiplicar por até 10 vezes o capital investido. Inscreva-se! The post EUA registraram cerca de 1 milhão de pedidos por seguro-desemprego na semana passada appeared first on InfoMoney.

EUA registram 1,314 milhão de pedidos por seguro-desemprego na semana passada

Os Estados Unidos registraram 1,314 milhão de pedidos por seguro-desemprego na semana passada, revelou o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira (9). O número foi um pouco abaixo do que era esperado pelos economistas, já que o consenso Bloomberg apontava para 1,38 milhão de requisições do benefício. Na semana anterior, os EUA tiveram o número de pedidos revisado para baixo, de 1,427 milhão para 1,413 milhão. O número elevado de pedidos persiste, mesmo quando todos os estados reabriram e o Relatório de Emprego do país mostrou criação de 2,5 milhões de postos de trabalho em maio e 4,8 milhões em junho.

Pedidos de seguro-desemprego no Brasil caem 32% em junho ante maio e somam 653 mil

O número de pedidos de seguro-desemprego chegou a 653.160 em junho, uma queda de 32% em relação a maio, quando foram registrados 960.309 requerimentos. De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, os pedidos do beneficio feitos no mês passado representam um aumento de 28,4%, quando comparados com julho de 2019. De acordo com os dados, os três Estados com maior quantidade de requerimentos foram São Paulo (199.066), Minas Gerais (70.333) e Rio de Janeiro (52.163). Por setor, os pedidos se distribuíram entre serviços (41,7%), comércio (25,4%), indústria (18,7%), construção (10,1%) e agropecuária (4,1%). Do total de pedidos de junho, 39,6% foram feitos por mulheres e 60,4%, por homens. A faixa etária que concentrou a maior proporção de requerentes foi de 30 a 39 anos, com 32,1% do total. Sobre a escolaridade, 59,9% dos solicitantes têm ensino médio completo. A pasta da Economia mostra ainda que, no

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA chegam a 1,427 milhão na semana

Os Estados Unidos registraram 1,427 milhão de novos pedidos de auxílio-desemprego na semana encerrada em 26 de junho, informou o Departamento de Trabalho do país nesta quinta-feira (2). Os números representam um leve recuo em relação à marca da semana anterior (1,48 milhão) e vêm acima das estimativas dos economistas (1,35 milhão de novos pedidos) consultados pelo consenso Bloomberg. A explosão nas requisições do benefício começou depois que o país passou a adotar medidas de isolamento social para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. A média das últimas 4 semanas foi de 1.503.750 pedidos; o número de trabalhadores recebendo o benefício subiu em 59 mil, para 19,3 milhões, na semana concluída em 20 de junho.

Entre em contato